Dicas é Técnicas

Das peças

O injetor
A borracha do injetor

É o ponto mais sensível do kit, requer sua atenção contínua. Você tem que colocarla num solvente no kit após cada reparo. Se esta goma está arruinada, você tem que comprar outro injetor, não há borracha sozinho. Lembre-se sempre que para o cliente a melhor alternativa é (tem que ser), a recuperação do seu pára-brisa..
O ponte
O material do Ponte.
Existem pontes mais complexas, mais caras mas não mais eficientes, no mercado. Devido a proximidade do vidro, do trabalho acima do parabrisa. Nossos engenheiros tem como premissa não usar ou tratar de evitar o uso de metal nos elementos do kit.
Porém nosso ponte é forte e seguro para trabalhar durante muito tempo.


Resinas

A majoria das resinas são muito parecidas mais a principal diferença está na espessura delas. Resina errada pode parecer certa nas primeiras  semanas mais depois començan aparecer a trinca aos pocos ou mudar de cor. Resinas (Cristal Líquido) são Poly-lite made in USA.

produto Resina Crack para trincas longas.

Durante a reparação, após a aplicação do cristal líquido Crack, recomenda-se que seja colocada uma gota ou mais de resina Star antes de colocar o maylar.

Tem que ter cuidados para que a resina ou cristal líquido não toque na pintura do carro, pois pode causar manchas indesejáveis. Também durante o reparo, a mistura de resina (cristal líquido) com a pomada para fixar a ponte deve ser evitada. As duas substâncias estão danificadas. Então você deve limpar completamente – usando o solvente do equipamento – e começar o trabalho novamente.

Dos Equipes muito baratos

Sempre a melhor escolha é consertar na hora.
Agora existem kits muito baratos é que fazem trabalhos bons, o problema de eles ou melhor o limite deses kits é que funcionam só em danos muito recentes, se tem mais de 3 dias já o dano tem poeira é precisa uso da furadeira e da alta pressão para rechear a trinca, ou seja os danos já não podem ser consertados desa maneira tão simples.
Nas trincas durante o trabalho precisa-se pressão permanente na resina de recheio. Ainda así se o dano tem mais de um mes de velho a poeira dificilmente sumirá.

Furadeira western, lámpada

240,00 Reais
Furadeira alta velocidade sem fio 240,00 Reais.


Componentes do kit       

1.- Para aumentar a vida útil da broca.

Tamanho da broca para vidroDe Aço especial.


Dica para que a broca tenha uma vida mais longa: Não faça o buraco ou a perfuração de uma vez só. A broca esquenta e pode quebrar. Fure um pouco e pare, repetir isso até acabar o trabalho. Uma broca não dura mais de 3 trabalhos.

2.- Para aumentar a vida útil da borracha do injetor.

Injetor Duobond
Injetor da resina pressão até 12 bar.

Não pressione a borracha do injetor com muita força contra o vidro, ele deve expandir quando a pressão da resina aumentar. Quando a borracha toca no vidro, gire um quarto de volta, que é a pressão ideal.
Após 2 ou 3 reparos, coloque o injetor em acetona por uma noite para mantê-lo útil.

Uso do calor –

esqueiro fogo

Ter muito cuidado em uso do calor, Esquentar no lugar certo ou pode estragar o parabrisa, se usar da maneira certa fica um ótimo trabalho. Também o tempo de fogo é importante.


Como remover um arranhão do pára-brisa http://remover arranhão

Tirar riscos
Antes e depois do tratamento

Recolha todos os materiais necessários. Para reparar um arranhão no vidro do seu carro e começar a deitar mãos à obra é preciso estar munido dos materiais apropriados. São eles:

Pasta dentífrica
Limpa vidros
Glicerina
Panos de limpeza macios
Recipientes com água

Limpe o arranhão. Utilize um limpa vidros para pulverizar o local afetado e com a ajuda de um pano macio, limpe a zona onde está o arranhão. Deve certificar-se que limpa toda a sujidade e impurezas que lá se encontram. Uma boa limpeza permitir-lhe-á obter os melhores resultados.

Misture a pasta dentífrica com o bicarbonato de sódio num recipiente. O objetivo de misturar a pasta dentífrica com o bicarbonato de sódio é obter um preparado específico para espalhar no local onde se encontra o arranhão. É fundamental que o preparado seja misturado de forma consistente, até que não existam vestígios do bicarbonato de sódio. Depois, o condutor tem de aplicar o concentrado que preparou e deve fazê-lo através de movimentos circulares, de forma a cobrir toda a zona afetada. Deixe o preparado repousar e atuar durante cerca de 5 minutos.

Esfregue o arranhão. Utilize um pano de cozinha macio e retire o preparado que anteriormente tinha colocado. Ao retirar a pasta dentífrica com o bicarbonato de sódio, faça-o com movimentos circulares e passe lustro até que o risco vá desaparecendo. Se não resultar à primeira e se o risco se mantiver, deve repetir todo o processo durante um período de 15 minutos aproximadamente.

Limpe a área do arranhão. Utilize um limpa vidros e um pano de cozinha macio para limpar a área atingida pelo arranhão. Se o risco já não for visível, isso significa que o carro estará como novo, como se o tivesse acabado de comprar. Por outro lado, se o arranhão ainda for visível, o condutor ficará frustrado uma vez que os seus esforços parecem ter sido insuficientes, mas isso não quer dizer que o processo termina aqui, antes pelo contrário.

Faça o tratamento de óxido de ferro. Este é o momento em que se inicia a segunda fase da remoção de um arranhão do vidro do automóvel. É necessário juntar uma colher de sopa de água com óxido de ferro e glicerina. Utilize porções iguais de cada produto e combine todos os produtos num recipiente. Misture bem até adquirir um concentrado que apresente uma cor uniforme.

Aplique o tratamento de óxido de ferro no arranhão. Nesta fase, deve colocar o concentrado que preparou sobre o arranhão do vidro do carro. Não faça muita força nem exerça muita pressão sobre o vidro e deixe o preparado atuar durante um período de 5 minutos.

Limpe o vidro. Este é o último passo neste processo e deve utilizar o líquido do limpa vidros e com a ajuda de um pano deve retirar o tratamento de óxido de ferro que colocou sobre o vidro. Se não ficar contente com os resultados, repita novamente o tratamento de óxido de ferro e verá que o vidro do seu carro ficará como novo. O processo deve ser repetido de 6 em 6 meses para que o arranhão não apareça novamente.

Reparar um arranhão no vidro de um automóvel é uma tarefa de fácil realização e está ao alcance de qualquer um. Ao fazê-lo está a olhar pela boa aparência do seu carro e pela saúde da sua carteira.